janeiro 16, 2014

As Manifestações em Brasília & A Plataforma dos Novos Movimentos Sociais Brasileiros.

junho 18, 2013

3

Antes de mais nada uma breve introdução: aqui, Paulo Fernandes, sociólogo, mestre em sociologia e aluno de direito. Até alguns dias atrás mais um ~vândalo, mas depois do recuo da mídia e dos governos, voltei a ser chamado, junto com nossos colegas, de   “manifestante”  mesmo. Escrevo este post para relatar os protestos em Brasília. […]

Posted in: Sociologismos.

Democracia de Quatro: mulher-pêra e a “intimidade” do voto.

setembro 6, 2012

41

“VOTE EM MIM QUE EU MOSTRO MEU PIERCING ÍNTIMO”: introdução ao caso da candidata-bunda. Este post se trata de uma recente e “agradável” surpresa que aconteceu comigo em uma sexta-feira de Deus, pra ser mais exato, dia 31 do mês passado. Digo agradável porque o que começou como uma despretensiosa indignação – com mais um […]

Posted in: Sociologismos.

Repórter da Band, Mirella Cunha, é processada por MP Federal na Bahia

maio 24, 2012

2

O Núcleo Criminal do Ministério Público Federal na Bahia representou à Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, do próprio MPF/BA, para que sejam adotadas as medidas cabíveis contra a repórter Mirella Cunha, do programa Brasil Urgente, transmitido pela filiada baiana da TV Bandeirantes. Há alguns meses, a jornalista entrevistou um suspeito de roubo e estupro […]

Posted in: Uncategorized

O Preto, o Pobre e a “Prostra”: Direitos Humanos e o Estupro da Ética no Jornalismo

maio 23, 2012

7

Este texto vem na baliza dos recentes acontecimentos aventados pela discussão do vídeo “Chororô na delegacia: acusado de estupro alega inocência:  produzido pelo programa “Brasil Urgente Bahia” e reprisado nacionalmente pela emissora Band. Nele uma repórter que deveria estar ali pra entrevistar um preso, vai além do seu papel como jornalista e comete inúmeros crimes e […]

Posted in: Sociologismos.

Dois Causos: Maxixe & Direito na Velha República.

janeiro 19, 2011

0

“Corta-jaca”, ou o “Maxixe de Milady”. A menos de vinte dias de terminar o governo, aconteceu um fato pitoresco no Palácio do Catete. Ouvindo Catulo da Paixão Cearense reclamar junto ao presidente de que a música popular nunca fora tocada no palácio, a primeira-dama, Nair de Teffé resolveu inovar. A conselho de seu professor Emílio Pereira, […]

Posted in: Causos

O João, o Paulo e o Mário do Rio: a invenção do nosso-moderno.

janeiro 12, 2011

0

Li recentemente um artigo sobre o namoro não assumido entre a Etnologia e a Ficção, e lembrando dos trabalhos do João do Rio, fiquei a pensar que na verdade, toda a ciência, e mesmo a vida, não escapa de algum invencionismo: ninguém menos que Weber disse que “o exagero é a minha profissão”, e na […]

Posted in: Sociologismos.